Entrevista: Autor parceiro - Rogério Pontenegro

Oi gente!

Hoje vamos conhecer um pouco melhor o nosso autor parceiro Rogério Pontenegro com uma entrevista exclusiva cedida ao LN.
Quero agradecer ao autor pela atenção com o blog.
Além da entrevista ainda terá um post extra com mais um conto escrito por ele.
Espero que vocês gostem!
E quem quiser pode enviar perguntas para o autor no e-mail do Lua: blogluadeneon@outlook.com.br
Assim que eu reunir um bom número de perguntas de vocês liberarei um novo post com as respostas.




Vamos a entrevista!


1 - O que despertou em você o desejo de ter a escrita como profissão?
A escrita é uma atividade de criatividade e com ela contamos histórias, transportamos leitores para um universo pessoal. Antes pensava apenas escrever um livro e publicar no mercado, mas observe hoje temos numa economia criativa a possibilidade de ter uma profissão sem necessariamente publicar um livro e seguir no mercado literário. É isso que me desperta o desejo da escrita.

2 - Como foi o início de sua carreira como autor?
Em 2009 publicando o meu primeiro trabalho na antologia Dimensões.Br com o conto A Revolta dos Bichos. Antes participava de muitas oficinas e eventos literários conhecendo o mercado e o fandon como faço até hoje.

3 - Como você vê o atual cenário literário no Brasil? Você acha que os leitores estão abrindo mais espaço em suas estantes para os autores nacionais?
Vejo com bons olhos, é o que tenho percebido somente nas redes sociais, as pessoas estão aceitando sim a literatura nacional. Mas está tímido isso, precisamos ser agressivos e não basta fazer campanhas somente, temos que estar presente para os nossos leitores.

4 - Qual o momento mais marcante de sua carreira até agora?
Primeira publicação em 2009.

5 - Por qual razão você optou por escrever contos?
Para quem está começando, os contos é uma alternativa para testar a escrita criativa para depois partir para o livro, mas ela possibilita uma leitura mais rápida para pessoas que não tem tempo de ler. Por isso opto por escrever contos também, ela pode ser usada para planejamento de um livro ou uma noveleta.

6 - Você pensa em trabalhar com outro tipo de escrita futuramente? Por quê?
Já trabalho com poemas, e estou publicando no Wattpad Cartas Poéticas de Amor que são poemas
românticos. Além dos contos e poemas, vou também partir para noveletas como no caso da Revelação Tardia e assim vou partir para a minha primeira publicação impressa, mas sempre utilizando o digital, como o e-book. Acredito que se você diversifica o seu trabalho, você tem mais possibilidades de ser conhecido.

7 - Como é o processo de criação dos seus contos? Você usa algo como inspiração?
Começo definindo os personagens, geralmente nos contos costuma ter poucos no mínimo dois e no máximo quatro. Já tenho uma ideia de como vou terminar a história que é dividida em três atos (começo, meio e fim). Planejo tudo primeiramente, e assim parto para a escrita dos contos.

8 - Você pretende tentar uma nova publicação do conto Marcado Entre as Sombras e o Espírito (resenha aqui)?
Pretendo publicar sim, para uma antologia com a editora Andross novamente, eles estão com seleção aberta.

9 - Para você, o que é indispensável para se tornar um autor profissional?
Antes de tudo, se você tem uma história para contar, escreva, mas você precisa trabalhar muito e escrever continuamente para alcançar seu ritmo e a sua forma. Persistir e transpirar sempre.

Você pode acessar as redes sociais do autor por aqui:

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

15 comentários:

  1. É bom poder conhecer melhor um autor brasileiro, e é ótimo ver em um blog essa relação entre blogueiro e autor intermediado pela entrevista. Gostei das suas perguntas e das respostas do Rogério.
    Sucesso

    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Achei muito interessante tudo o que Rogério falou, principalmente, em relação ao conto como opção para quem está iniciando no mundo da escrita. Concordo ele. Escrever, além de inspiração, precisa de técnica. Os mecanismos do conto, me parecem mais fácies de assimilar. Não estou dizendo que é fácil.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Obigado pela oportunidade Vanessa, venho a convidar tbm para leitura no meu wattpad:

    http://www.wattpad.com/user/RogerioHPPontenegro

    ResponderExcluir
  4. Essas entrevistas são ótimas para sabermos um pouco mais sobre quem nos escreve. A virtualidade nos favorece nisso, permite um estreitamento dos mundos do leitor e do escritor. Eu sou apaixonado por contos, valorizo muito a capacidade que os autores têm de criar tudo um universo literário dentro do espaço limitado os contos.

    http://cabecasdeabobora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu concordo com o autor quando ele diz que vê nas redes sociais uma interação maior com a literatura nacional, quando a ser agressivo, não creio muito, tenho outra visão sobre isso, porém compreendo o ponto de vista dele. Eu adoro ler contos, acho que são bem difíceis de serem escritos. Foi bom conhecer um pouco mais do autor. Senti falta de uma foto dele.

    ResponderExcluir
  6. Oláá
    É sempre legal ter a entrevista para sabermos mais sobre o autor e seu processo no Brasil, fico bem curiosa. Adorei o post e não conhecia o autor haha.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. que legal essa entrevista! sempre gosto de ler e conhecer um pouquinho mais de cada autor brasileiro
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oii
    Adorei a entrevista... muito legal e uma forma bem interessante de divulgar os autores nacionais né? Gostei bastante das respostas dele também...

    beijos
    Mayara
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Vanessa, tudo bem?
    Não conhecia o autor, mas gostei de saber um pouco sobre ele!
    Ficou ótima a entrevista, um dia aprendo fazer, rsrs!
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  10. achei bacana a entrevista e o que ele falou é a verdade!! para escrever precisa de inspiração e técnica coisa que eu não domino nem um pouco,
    rs
    bjus

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pela entrevista, não conhecia o autor, vou pesquisar seus contos. Fico feliz em ver essa abertura a leitura de livros nacionais mesmo tímida, com o tempo a tendência é crescer muito e valorizarmos grandes talentos que temos . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Que bom que vocês gostaram galera! Vocês vão conhecer cada dia um pouquinho mais sobre o trabalho desse autor, acompanhem o blog!

    ResponderExcluir
  13. Eu li o conto dele em Dimensão.BR, aliás, tive o prazer de conhecê-lo no evento Livros em Pauta. O autor é muito simpático e atencioso, a entrevista mostra isso.
    Bjs, e sucesso para ele.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bom?
    Gostei da entrevista e não conhecia o autor ainda. Acho bacana essas ações das editoras para lançar contos de autores como ele. Desejo muito sucesso a ele.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Muito interessante o posicionamento do autor. Para escrever é preciso viver. Ter uma história para ser contada. Não digo algo próprio, mas algo que se tenha propriedade. Gostei muito da forma como ele tratou a literatura atual, devemos mostrá-la. Fazer com que ele seja vista.

    Lindíssima a entrevista!
    www.pensamentosvalemouro.com.br

    ResponderExcluir

Oque achou do post? Dicas e opiniões são sempre bem vindas!